Curiosidades sobre Lhasa Apso

Cães da raça lhasa apso são muito populares nos lares brasileiros!

O Lhasa Apso é um dos cachorros de pequeno porte preferidos de quem deseja ter um pet em casa, mas mora em ambiente pequeno. Com pelos longos, orelhas finas e latido marcante, ele é um verdadeiro cão de guarda e grande companheiro.

Eles são tibetanos
A raça surgiu em uma das aldeias do Tibete em 800 a.C.. Por muitos anos esse cãozinho foi companheiro dos monges e budistas. Eles possuíam crenças sagradas sobre o animal, devido ao seu porte nobre e inteligência. Além disso, esses cães também protegiam os templos pela capacidade de identificarem quem era amigo ou inimigo.

Lhasa apso x shih tzu  

O costume de oferecer os cãezinhos da raça lhasa apso aos chineses pode ter contribuído com a semelhança com os shih tzus, pois acredita-se que o lhasa apso deu origem a uma série de raças de cães chineses.  Até hoje em dia, muitas pessoas têm o costume de fazer diversas comparações entre as raças, no entanto elas são bem diferentes.

As duas raças chegaram a pertencer ao mesmo grupo em 1935 devido à grande semelhança. Entretanto, algumas diferenças na aparência e comportamento foram percebidas e as raças foram separadas. O lhasa apso tem um pelo liso e comprido, já o shih tzu tem uma pelagem encaracolada e possui uma maior variedade de cores. Além disso, eles apresentam algumas diferenças no crânio e até mesmo no tamanho, o lhasa apso costuma crescer mais que o shih tzu.


O Lhasa Apso não é daqueles cãezinhos que precisam de muitos exercícios físicos. Por ele, tardes de soneca ao lado do tutor são momentos mais do que incríveis. Sendo um dos cãezinhos mais recomendados para apartamento, passeios curtinhos no início das manhãs ou aos finais de tardes já são ótimas atividades para ele.

Esse ar superior se dá pelo instinto guardião do pet, que teve sua origem do Tibet, ao lado de monges e pessoas da nobreza. A liderança também é um dos seus pontos fortes!

0 respostas

Deixe uma resposta

Deseja participar?
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *